bons amigo

tinha um amigo bem amigo mesmo de faze altos programa de indio junto a ultima vez que ouvi fala dele o rapaz tava fazendo quejo na irlanda e hoje nao sei seu paradero

antes disso quando ainda nos viamo seguidamente agente saia junto eramos jovens e havia muito consumo de entorpecentes foi na sua presença a primera vez que vomitei de porre com a combinaçao trago fino e limao e depois so trago fino

tambem foi com esse amigo que iniciei no mundo das drogas ilicitas um exemplo da estupidez da pessoa que na tentativa de faze omelete ele quebrava ovos na ponta do fogao e caia tudo no chao nao sobrando nada na frigidera e assim foram se 12 ovos

naqueles tempo memoraveis era grande a frequencia da mistura kisuco mais a bebida mais vabagunda de alto teor alcolico que nos chamava de gammi voce pode chama de outro jeito tudo bem

acontece que teve um dia que passo um poco dos limite e ja faz um tempo precisamente 6 anos atras muito novos e inexperientes na escola da vida e agente acabo indo para na casa de alguem de apelido gorila que fedia ao pior cheiro do mundo

a principio tudo era legal havia muitas mulheres bem gostozas eu diria e rolo muita asanhaçao mutua aquele clima de gente se querendo ao mesmo tempo em que o narcotrafico acontecia livremente

cegos pela bebida e maconha descobrimo que o pai do amigo gorila era cafetao e aquelas menina era prostituta e de repente notamos a presença de varias crianças e ate bebes de colo naquele recinto pavoroso

nao gostamo muito e ate pensamo que talvez houvesse algo errado o que se concluiu que havia mesmo quando o pai de gorila chegava trazendo quilos de cocaina e alucinogenos capaz de mata cavalos e mais mulheres que vinham amarradas em cordas amordaçadas

achei que tava na hora de ir embora quando pra minha surpresa cachorros decapitados estavam espalhados no patio isso era preocupante ate porque essa especie de moradia ficava dentro um condominio habitado por familias

nao tardo pra chega a policia federal pra festa e a putaria tomo conta de vez bebes gritando e pela primera vez temi de verdade pela minha vida

conseguimo sai do lugar mas era perigoso deixa rastros eles iriam nos persegui nao titubeamos e fomo ate o posto de gasolina mais proximo enchemos varios galao com o liquido e jogamo ao redor da residencia ateamos fogo e nos certificamo que nenhuma pessoa ou animal saisse vivo

ainda bem que deu tudo certo infelizmente a amizade fico por algum caminho obscuro

a besta

deitado na cama ouço as vozes das ruas que chamam para a noite pecadora mulheres bebida sexo marginalizaçao drogas musica atitudes bestiais e vomitos ao final da festa quando nao no meio dela e volta a bejar meninas sem ao menos lava a boca

certa vez estava na praia transando com uma garota que nao sabia o nome e era tudo por vingansa meu melhor amigo havia traido ela sendo que eles so tinham ficado uma vez e ela fico com outra ela resolveu faze ciumes nele e nos tranzavamos loucamente na praia eu vomitava em suas costas e tomava agua do mar ela nao reclamo de nada inclusive elogio minha performance

quando se troca a noite pelo dia e voce encara o espirito de um vampiro assassino voce precisa abater suas prezas so que nao mata apenas satisfaz seu apetite sexual

é como um imenso gorila preso dentro de uma jaula pronto pra quebra tudo ao seu redor e causar panico e medo a todos em sua volta ao mesmo tempo um incontrolavel prazer nas mulheres que toca e praticamente abusa tamanha voracidade com que beija sua boca e insere seu instrumento em sua vagina

sei que tudo isso me espera do outro lado mas hoje preciso de paz e fico deitado na cama tentando controla tudo isso porem é dificil complicado praticamente impossivel é o instinto é a necessidade fisiologica

estou na rua voce pode ser a proxima presa