gelo

eu tremia os labios batia um dente no outro de manera tao intensa que parecia uma bela sinfonia de beethowen orquestrada pelo frio e pela hipotermia

a neve é uma delicia sempre quis brinca com ela faze um boneco e coloca uma cenoura no nariz dele enquanto as pobres crianças africanas morrem de fome mas nao imaginava que viver no meio da antartida seria assim

ou melhor eu imaginava mas nao tinha como prever o sentimento da extrema solidao de nao ter com quem falar de se comunicar apenas com pinguins e fingir que eles sao humanos e colocar nome em cada um que eu encontrava e eventualmente fugia de mim pois tem medo do meu tamanho e pensa que eu vou fazer igual a um lobo do mar que estraçalha os pequenos animais ao meio ja vi alguns sendo mortos é triste

ontem eu vi um urso polar nadando nadando muito ele é rapido mas esta cada dia mais cansado e com menos comida e eu nao sei se ele aguenta a travessia que precisa faze pra encontra uma foca e devora esse lindo animal

todos eles sao lindos e se comem e eventualmente morrem pelas maos do homem é o ciclo da biosfera e a humanidade se colocando acima de tudo e todos como sempre fizemos

eu nao sou um pesquisador e nem to vivendo uma aventura eu apenas fui largado de mao e esquecido ate pelo diabo nao que eu tenha pecados ate porque nao acredito nessa palavra nao desse jeito eu faço o bem eu sou do bem ja rezei mais de 100 pai nosso e acendi velas elas me aquecem nesse frio as vezes eu brinco de queima a ponta dos dedos

aprendi que nao posso coça a orelha nem o nariz e quase nada porque cai um pedaço é como se um rato roesse minha pele e é engraçado que o frio queima mais que o fogo das minhas velas e é incrivel que eu ainda esteja vivo e toda a vida é incrivel por natureza

no meio desse nada que é muito maior do que eu podia supor eu perdi o medo faz tempo depois de ter perdido tudo nao fazia mais muito sentido me amedrontar por qualquer coisa

agora eu brinco com a minha vida

Anúncios

frio no coração

um vento forte bate na nuca
minhas orelhas coitadas parecem congeladas
eta inverninho do capeta ja é setembro e tu insiste em nao ir embora

algumas coisas funcionam nesses dias polares
whisky cafe vinho cerveja pizza estufa e cobertor
o charme da estaçao gelada

glamur de uma figa
tudo é bonito ate a hora de acorda
temperatura negativa o menino la debaixo fica com tamanho diminuto
faz mal pra auto estima

e as mulheres
sim muito bem vestidas elegantes charmosas
porem vestidas

camadas e camadas de roupas de um lado e de outro meia calça rasgada e por fim patifaria

uma menina libertaria que eu vi no onibus nao tinha pra onde ir
o contraste da cama gelada com o corpo quente
todo aquele guarda roupa ambulante atirado no chao

os corpos esprimidos se aquecendo
se esfregando
é bom esse frio ate nos da mais folego

– e depois daqui tu vai pra onde
– pra casa de outro homem

ela é direta
na verdade uma casada viciada em trair
me deixou adicto e jogado fora

naquele dia finalmente ficou quente
e eu senti saudades do inverno

nao me pergunta

– que roupa eu ponho?

olha pra mim olha bem pra mim
ja me viu usando alguma roupa diferente de calça jeans e camiseta em caso de frio um moletom ou um casaco a coisa mais ousada que ja fiz foi coloca uma manta

e tu realmente acha que eu lembro as roupa que tu tem

– sera que eu vou de vestido?

nao sei essa é a minha resposta mais sincera porque eu realmente nao faço ideia

– ta frio?

ta

– mais do que semana passada?

e agora eu tenho cara de quem anota as temperatura como eu vo sabe ta frio ja nao é mais do que suficiente?

– eu boto esse casaco por cima?

a pergunta é “tu vai fica segurando o casaco pra mim?” entao nao coloca essa porra porque nao to a fim de trabalha de cabide

– assim ta bom?

ta mas confesso que nem olhei

– a gente vai volta tarde?

cade a minha bola de cristal nao sei caralho nem saimo de casa ainda

– vamo entao o pessoal ta nos esperando

apenas um adendo é tu que ta atrasando tudo

inverno na bahia

um dia o sol escaldante deu lugar a um vento cortante e temperatura baixa quase polartica e a bahia se transforma em islandia por 24 hora

nao porque tivesse show de siguros ou biorjk apenas porque pela primera vez na historia do estado fez inimaginaveis 15 grau

os termometros baiano entraram em colapso nao conseguiam marca um numero tao baixo as ruas ficaram vazias foi decretado feriado nacional na bahia em decorrencia do perigo que era sai na rua mas brasilero é um povo guerrero e muita gente nao fez cara feia e foi pra rua

nao existe casacos na bahia as pessoas se enrolavam em redes matavam seus caes e gatos pra se protege com a pele saiam na savana pra caça urso e pode fabrica um casaco de pele artezanal e por um dia o acaraje deu lugar ao fundue

os mares congelaram as igrejas soltavam sinal de fumaça pedindo ajuda a deus e todos os santos o sol emanava enviando ondas de terror um desespero ja tomava conta da populaçao

os mais antigo dizia nunca ter visto nada parecido e ja se perdia a esperança na vida humana animais todos ja havia sido abatido

entao chego a noite congelando almas destruindo sonhos assasinando planos foi tudo ficando cada vez pior estrelas pareciam flocos de neve alias muita gente dizia que estava nevando apesar de nunca comprovado

na manha seguinte ja fazia 40 graus e tudo volta a normalidade