o milagre

era um dia qualquer diria normal até que começou a chover não que chover seja algo anormal mas se você mora no meio do sertão pode ser um milagre 

no caso não estamos no sertão e chover é normal então era sim apenas um dia normal apesar da chuva e dos alagamentos das sujeiras nas calçadas e em volta dos bueiros entupidos as formigas morrendo afogadas e os sapos coaxando o barulho parece nascer de dentro do chão está por tudo “unhé” os sapos são eternos bebes 

até aqui seguia tudo normal não fosse a chuva dessa vez possuir uma carga tóxica que dizimou toda a humanidade e os demais animais no espaço de cinco minutos 

os sobreviventes do sertão estranharam a ausência dos homi de longe que não apareceram mais nos próximos dias e semanas ninguém trouxe mais nada para vender ou comprar mais pra vender alguém teria que tomar alguma providência a maioria das mercadorias estava acabando

seu josé muito cansado em casa ficava escutando o rádio que não pegava mais só aquele chiado chato as tv também tudo fora do ar seu amarildo pegou seu jegue e disse que se ia até a cidade nem que leve uma semana mas há de descobrir o que passou 

quando ele voltou chorando e pisou na terra seca custou encontrar força pra contar que só encontrou gente morta gente jogada no chão fedendo a podre ninguém entendeu nada dona marinalva adivinhou que era uma peste dona roxele pediu misericordia de deus sem saber que o milagre já estava feito

penumbra divina

periodos de treva escuros eram aqueles em meados de muitos anos atras salas de aula em completa penumbra total e o sabio professor pergunto a seus pupilos verdaderas crianças se eles achava que existia luz

voces acha que existe luz porque olha essa escuridao ta escuro demais nao vejo nada pura pretidao de todos lado e voces acha que ela existe a luz é a ausencia da escuridao entao se tem escuridao demais fica assim

entao um pequeno aluno de apenas 3 anos levanto a mao e disse

mas professor e voce acredita em deus

o incredulo professor olhava para o menino

porque se existe tanta maldade no mundo tanta atrocidade entao esse deus permite tudo e se ele existe entao ele é mal e se ele nao existe entao nao existe

é verdade disse o professor

mas o mal é a ausencia do bem entao deus existe dizia o menino

realmente o tempo ta escuro demais entao o escuro tambem existe afirmo o professor

o nome do menino era albert eisten