gelo

eu tremia os labios batia um dente no outro de manera tao intensa que parecia uma bela sinfonia de beethowen orquestrada pelo frio e pela hipotermia

a neve é uma delicia sempre quis brinca com ela faze um boneco e coloca uma cenoura no nariz dele enquanto as pobres crianças africanas morrem de fome mas nao imaginava que viver no meio da antartida seria assim

ou melhor eu imaginava mas nao tinha como prever o sentimento da extrema solidao de nao ter com quem falar de se comunicar apenas com pinguins e fingir que eles sao humanos e colocar nome em cada um que eu encontrava e eventualmente fugia de mim pois tem medo do meu tamanho e pensa que eu vou fazer igual a um lobo do mar que estraçalha os pequenos animais ao meio ja vi alguns sendo mortos é triste

ontem eu vi um urso polar nadando nadando muito ele é rapido mas esta cada dia mais cansado e com menos comida e eu nao sei se ele aguenta a travessia que precisa faze pra encontra uma foca e devora esse lindo animal

todos eles sao lindos e se comem e eventualmente morrem pelas maos do homem é o ciclo da biosfera e a humanidade se colocando acima de tudo e todos como sempre fizemos

eu nao sou um pesquisador e nem to vivendo uma aventura eu apenas fui largado de mao e esquecido ate pelo diabo nao que eu tenha pecados ate porque nao acredito nessa palavra nao desse jeito eu faço o bem eu sou do bem ja rezei mais de 100 pai nosso e acendi velas elas me aquecem nesse frio as vezes eu brinco de queima a ponta dos dedos

aprendi que nao posso coça a orelha nem o nariz e quase nada porque cai um pedaço é como se um rato roesse minha pele e é engraçado que o frio queima mais que o fogo das minhas velas e é incrivel que eu ainda esteja vivo e toda a vida é incrivel por natureza

no meio desse nada que é muito maior do que eu podia supor eu perdi o medo faz tempo depois de ter perdido tudo nao fazia mais muito sentido me amedrontar por qualquer coisa

agora eu brinco com a minha vida

deserto

caminhava por um deserto escaldante na companhia das minhas sandalias eu sempre odiei sandalias e me odiava por usalas naquele momento mas era a unica maneira de sobreviver sem queimar os pes ou enchelos de bolhas que se transformavam em feridas abertas e em pouco tempo os pes ficam tao podres que é melhor nao telos

eu nao sei como vim parar aqui

esse é o primero ponto e agora nao tem importancia alguma a unica coisa que quero é conseguir sair eu olho pro sol e tento me guiar por ele mas nao entendo nada dessas coisas e torço pra cair logo a noite pra chegar o frio e acabar com minhas alucinaçoes

hoje mais cedo eu avistei de longe um camelo e um senhor nao tenho ideia se era jovem ou velho e nem se era mesmo um homem mas uma pessoa e um camelo isso eu tenho certeza que vi e eu gritei socorro e eu gritei me ajuda gritei tambem em ingles e em todos os idiomas que eu sei dizer socorro e ajude mas nem o camelo nem o senhor me olharam eles continuaram caminhando lentamente longe de mim longe demais pra me ouvir e longe demais para eu alcançalos

o camelo sabe das coisas eu vou é atras deles eu pensei e ate tentei seguir seus passos mas entao uma tempestade de areia bateu e tudo sumiu eu me atirei no chao e quase fui soterrado

eu nao sei a quantos dias eu caminho e nem como ainda to vivo sem agua sem comida sem direçao

eu ja pensei em desistir algumas vezes e eu ja tentei desistir outras tantas mas entao alguma coisa dentro da minha cabeça diz sai daqui cara e eu me levanto e continuo afundando o pe na areia ja deixei minha mochila so carrego a roupa do corpo e um fio de esperança de achar agua ou de encontra uns nativos que me ajudem a sair daqui

vejo de longe arvores parecem coqueiros aquela visao cliche de uma alucinaçao é tao cliche que deve ser verdade entao eu acelero o passo ou algo parecido com isso e vou naquela direçao mas quanto mais eu caminho parece ficar mais longe ate que desaparece e eu olho pra todos os lados e so vejo montes e montes de areia

caio no chao

acordo no susto balançando acordo e estou dentro de uma gaiola puxado por um camelo e tem duas pessoas comigo todas com cara de dor e sofrimento assim como eu tambem devo estar

eles nao falam minha lingua nem nada quando eu tento puxar conversa um homem abre a boca e eu vejo que ele nao tem lingua alguma ele nao vai conseguir falar entao eu abro bem meus olhos pra ver o outro e noto que ele nao tem olhos

coloco minhas maos do lado da cabeça e percebo que minhas orelhas sumiram e percebo que nao escuto nada nem o vento tambem percebo que estou com o pescoço acorrentado e prefiria estar morto

o camelo caminha devagar ele nao tem pressa o senhor ao lado dele quem sabe aquele mesmo que eu vi antes usa um turbante ja gasto e tem um rosto muito feio cheio de cicatrizes ele ve que eu estou olhando atentamente pra ele e puxa uma faca enorme do bolso vem ate a gaiola chega bem perto de mim e fala e fala e fala

eu vejo que ele mexe a boca mas sera que ele nao entendeu que agora eu sou surdo provavelmente ele mesmo arrancou minhas orelhas que tipo de ser humano babaca é ele eu me agarro na grade e começo a fazer força como se fosse possivel quebrala como se fosse possivel fugir de tudo isso e voltar pra beira da praia

um encontro com o sexo

a noite ela é sorrateira ela te da ganas de sair de casa mesmo que nao tenha nenhum lugar pra ir mesmo que voce esteja em um pequeno vilarejo a trabalho ou como era meu caso para investiga a morte da minha dignidade

um bar escuro com musica de filme porno aparece no meu caminho eu entro e pego a primera cerveja bebo olhando para os lados e peço a segunda nao sera o suficiente avanço para o whisky sem gelo nao chamo de cowboy prefiro apenas beber como eu mesmo um fracassado abandonado um lobo solitario eu uivo por dentro e meu instinto me manda ir na rua fuma um cigarro para um bar fetido ele respeita demais as leis na rua pego meu derby mas nao tenho fogo admito que é uma tatica antiga velha ultrapasada mas continua funcionando pedi o esquero para a menina de touca sim ela usava touca mesmo sem faze frio eu so pedi o fogo mas ela começo a conta toda sua vida me disse que a namorada dela tava em casa e que elas brigaram e que saiu porque nao podia fica em casa mas amava ela e nao queria perde ela eu disse pra ela fica calma e nao consegui falar muito mais que isso sou pesimo em conselhos mas sou muito bom de cama eu peguei na cintura dela e disse muito bom eu senti que ela se arrepio e ela jogo fumaça do cigarro na minha cara lagrimejei ela se afasto voltei pra dentro do bar e tocava uma música ainda mais sexual eu bebi mais sozinho eu olhava para todas pessoas e sabia que aquilo tudo nao ia dar em nada finalmente fui embora

nas ruas so sobrava a sobra bebendo qualquer coisa e fingindo uma felicidade que nao podia ser real que eu tambem queria pra mim vi uma pequena aglomeraçao um tumulto na porta de uma boate essa parecia ainda pior que o outro bar portanto irresistivel eu tava sozinho mesmo foda se nao tem como piora no meu primero passo la dentro descubri que nao passo de uma criança ingenua aquele ambiente era terrivel em todas suas entranhas nas paredes cartazes de cerveja schin whisky dreher e cigarro bill meu derby era um artigo de luxo no palco porque sim havia uma banda e ate dançarinas a musica e a performance exalavam sexo contaminando a todos inclusive eu que de desesperado passei pra tarado em poucos segundos uma morena mais feia que o diabo me encarou com ferocidade e me arrasto pra dentro do banhero onde aproveito minha paudurocencia em esplendor na hora de tira a roupa eu tive medo de dexa a camiseta no chao entao coloquei na cabeça como se estivesse atravesando o deserto nossa tranza foi furiosa e ambos ficamos muito suados pedi pra toma agua e sai do banhero a banda continuava infectando mais e mais pessoas e agora uma loira de cabelo oxigenado e dentes tortos passava a lingua pelos labios aquilo nao me exitava ate que ela chego bem pertinho e disse dexa eu te chupa eu falei que tudo bem e ela abriu minha calça ali mesmo e praticou o ato libidinoso nesse momento percebi que a camiseta continuava na cabeça e senti um pouco de vergonha

estava ainda ali sendo devidamente usado pela loira quando uma baixinha essa sim de uma beleza estonteante passou e com ousadia aperto minha bunda e disse eu quero da pra ti moreno recolhi meu instrumento da boca da menina e agarrei a baixinha junto a meu colo escorei ela na parede e dei vazao pra minha taradice que novamente estava grande pela janela entravam os primeiros raios de sol mas nem que fossem os ultimos agente iria parar nao sei quanto tempo se passou quando percebi a banda ja tinha ido embora e todas as pessoas da festa tambem a excecao de mim e da baixinha que tranzavamos com ardor naquele salao mofado nosso sexo tinha ares de infinito eu olhei ela nos olhos e disse eu queria ter um filho teu ela levanto um pouco o rosto e disse que agente tem dois filhos que eu era louco e tinha abandonado a familia nao pode se verdade respondi é sim carlos joao mas esse nem é meu nome apartir de agora é e voce vai assumir as crianças eu fiquei nervoso e tranzei com mais força eu agora tava bem confuso e queria ate ir embora a baixinha disse que tava na hora de busca os filhos na escola eu disse que eles nao eram meus ela começou a chorar me afastei coloquei a calça tirei a camisa da cabeça e vesti ela e fui embora

as ruas agora estavam cheias de gente e essa gente me olhava com horror eu nao entendia porque ate que olhei pras minhas maos e vi que estavam cheias de sangue a sirene anunciava a chegada da policia e da ambulancia que foram direto pra porta da festa o que eu fiz

a casca de ovo

eu to trancado dentro de uma casca de ovo as vezes parece mesmo que ela vai se partir e eu vou colocar meu corpo pra fora ver como é o mundo sentir coisas que a natureza e a humanidade podem me proporciona começar minha vida e trilhar um caminho de sucesso e felicidade mas nao é o que acontece eu apenas sigo aqui

o engraçado é que algumas pessoas conseguem entrar por algum buraco que eu nao consigo ver elas vem aqui me fazer companhia ate que um dia desaparecem enquanto eu durmo ou pisco os olhos no final eu sempre termino sozinho

talvez eu invente essas pessoas para nao conversa com as paredes mas como eu poderia imaginar o rosto e a forma de gente se eu nunca vi ninguem se eu nunca toquei em ninguem se eu nasci dentro de um ovo e nunca sai

me bate o desespero e eu choro baixinho para que nao ouçam meu sofrimento nao quero piedade nao quero ser o coitadinho eu queria era sair com as minhas proprias pernas mas eu dou soco pontape e ate cabeçada e nada nem uma rachadura eu acho que meu destino é fica preso nesse lugar e vira omelete

se ao menos eu nao tivesse saido do cu de alguem eu poderia ter alguma auto estima a verdade é que me pego pensando que o melhor é ficar dentro desse lugar esperando que tudo acabe antes mesmo de começar quem disse que viver nao é superestimado quem disse que existe alguma graça fora daqui

em um dia especialmente ruim todos os pensamentos negativos me invadiram e as paredes brancas da casca escureceram a luz que entrava por algum lugar parou de me iluminar e pela primeira vez eu senti medo mas medo de verdade e ate pedi desculpas por pensar em desistir eu so queria uma chance de conhecer o que eu nao tenho ideia de como é se nao fosse bom que acabasse nao tem problema o pior é nao saber

a escuridao tomou conta de tudo por tempo demais e me deixou cego e me deixou definitivamente louco eu nao sabia se estava vivo ou se isso era um reflexo visto pela estrada da morte eu nunca soube nada mas agora sabia ainda menos e era quase confortante estar preparado para qualquer coisa pior do que essa casca de ovo nao poderia ser esse vazio completo é o proprio inferno eu amaldiçoava quem me trouxe pra esse lugar e quem me fez ficar aqui eu amaldiçoava tudo e todos ate alguem me perguntar se eu sabia onde era a saida

nao tem saida eu disse se agente entrou tem como sair me respondeu eu nao entrei eu nasci aqui falei aos berros isso é impossivel me retrucou ah nao é mesmo cala essa boca que eu vim sozinho pra ca e faz quanto tempo nao sei ta tudo escuro nao consigo ver meu relogio eu me irritei e dei um soco comecei uma briga que so terminaria quando colacasse fim ao meu sofrimento ou a essa outra pessoa que eu nao fazia ideia de quem era

nos brigamos e rolamos e nos xingamos e cansamos de nos bater mas nao parariamos ate que um estivesse totalmente liquidado minha raiva era tanta que juntei força suficiente num soco para quebrar um muro de concreto eu ia arrebenta a cara dele se ele nao desviasse bem na hora

eu acertei a casca e um barulho se fez um ploc seguido por varios plocs que traziam de volta a luz que mostrava nossas caras ensanguentadas os plocs continuaram e eu ainda queria demoli aquele sujeito mas o instinto nos levou a subitamente nos abraçarmos e com nossas ultimas forças quebramos a casca do ovo

entrevista de emprego

o despertador tocou cedo mais cedo que o normal porque hoje nao é um dia normal é dia de acorda cedo toma um banho quente come uma torrada de pao murcho e espera o onibus ate o centro da cidade pra pega outro onibus e finalmente chega na entrevista de emprego e depois pega mais um onibus ate o centro e outro ate o trabalho dize que acordou mal mas que agora ta bem e nao vai mais se atrasa

ensaia na frente do espelho as respostas para as pergunta de sempre e perfeccionista pro ativo e adoro trabalha em equipe poderiam inclusive estar na minha lapide tambem sou muito generoso um problema é que nao gosto de dexa nada inacabado entao as vezes eu viro noite trabalhando sem problema estava tudo esquematizado me da o emprego de uma vez

so que no caminho ja deu merda um passarinho cago na minha cabeça antes do primero onibus pensei em volta pra casa mas ia me atrasa foda se vamo la pelo menos nao foi na roupa o onibus demorou e finalmente chego claro que totalmente lotado desci suando como um porco no centro e agora mais uma quadra ate a outra parada o tempo ta meio feio devia te trazido um guarda chuva começo a chuve nessa maldita quadra e os vendedores apareceram do nada com seus ’10 real o guarda chuva’ obviamente eu sou uma pessoa muito bem preparada e nao trouxe dinhero a chuva vinha de lado e mesmo debaxo da marquise me ensopei beleza pelo menos vai lava a merda na minha cabeça porem nao foi bem isso que aconteceu a bosta escorreu pelo meu rosto e eu nao vi

foi assim que cheguei na portaria ainda bem que antes de entra na sala com o entrevistador pedi pra usa o banhero e constatei a desgraça na minha cara vo aproveita e da uma mijadinha puta que pario saiu um jato duplo e mijei minha calça que caralho tudo bem respira fundo vamo pra entrevista fiquei nervoso

bom dia

bom dia

conseguiu acha facil a empresa

sim procurei antes no google maps foi facinho

certo o senhor costuma se atrasar muito

nao jamais sou muito pontual

é mas ja ta atrasado no teu emprego

nao mas eu avisei eles

que mentira liguei pra la e ninguem tava sabendo de nada

o senhor ta brincando comigo

claro que nao aqui tudo funciona as claras depois nao queremo nossos funcionarios matando trabalho assim mentindo é so avisa que tem uma entrevista

mas meu amigo

tudo mundo entende é so ser verdadero dize que vai ganha o dobro

mas nao é o dobro

entao inventa alguma coisa

eu ia dize que acordei com enxaqueca eu tenho enxaqueca as vezes

entao fica complicado perde muito trabalho

nao nao é muito raro é muito dificil mesmo mas as vezes eu tenho

e o senhor tem mais alguma doença

nao

agente da preferencia pra quem tem alguma deficiencia porque ganhamo isençao de imposto

na verdade eu tenho epilepsia e parkinson nao sei se ajuda

nao nao tem que ter sindrome de dow ou ser caderante

isso eu nao sou

posso te da um tiro

acho muito arriscado

tudo bem tem mais 50 tentando essa vaga

nao pode

pode sim

entao ta mas eu nunca mais vou caminhar

depois de 20 anos de fisioterapia talvez consiga mas o tiro tem que ser no lugar certo

e se nao for

talvez voce morra mas ai o governo da uma indenizaçao boa

pensando bem acho que nao quero toma o tiro

voce que sabe se preferi posso te atropela

nao nao

cair na escada tambem funciona as vezes

nao meu amigo

voce alguma vez ja tomo uma facada

eu nao quero trabalha com voces seu bando de maluco

quando sai passei por corpos no corredor alguns enfaixados outros apenas jogados no chao fiquei um pouco assustado e pensando que meu emprego nao é tao ruim assim ate que ele é bom muito bom tomara que esse doente nao ligo pra la

um novo mundo

os genios tambem erram é a melhor explicacao em poucas palavras pra resumi como eu parei aqui

nunca fui bem em fisica quimica ou matematica os cara da nasa nao sabe faze processo de selecao azar o deles agora ja assinei o contrato e serei o primero ser humano a povoa outro planeta eles nao falam em uma colonia porque é outro tipo de esperimento comigo vai minha cadela luna e mais um americano de quase 70 anos que ainda nao conheci

é tudo sigiloso e pra dize a verdade eu nem sei pra onde agente ta indo direito me falaram que la tem agua ou alguma coisa que parecia agua e que se tudo der certo quando agente volta vamo ganha 10 milhoes de dolares se der um problema e agente morre no caminho minha mae ganha esse dinhero e se eu fica la pra sempre nao lembro com quem fica o dinhero eu sei que nao funciona celular e nem vai te internet la por isso escolhi varios livros que nao li ate hoje classicos como o pequeno principe harry potter o mundo de sofia e a biblia e outros mais profundos como toda a obra de kafka nietzche danilo gentili e rodrigo constantino pra troca com os et e erradica o lula dilmismo do mundo

acho que entendi finalmente o objetivo da nasa eles querem que eu acabe com a corrupcao em toda galaxia seja o bastiao da etica e honestidade o americano provavelmente é tambem uma pessoa de lisura moral e conduta ireprensivel minha cadela nao pode ve uma pessoa de vermelho que morde um dia arranco a perna de uma professora badernera que passava na frente de casa

eu to isolado em um apartamento a um mes so comendo pilulas acho que tamo no texas e deve falta mais um mes de treinamento ate finalmente parti

comecei a me senti cansado e outras vezes muito disposto as vezes tendo alucinacoes e ficando noiado caminhando de um lado pro outro so pode ser essas pilula coitada da luna sera que tao fazendo o mesmo com ela perdi a conta dos dias e agora as janela ficam fechadas e as lampadas acesa e todas parede sao branca eu deito e nao durmo e sonho acordado

um dia abrem a porta e me tiram da cama nao dexam eu pega minha mala os livros ficaram my books please my books me enfiam outra pilula guela abaxo e nao demora pra tudo fica escuro quando abri os olhos tava dentro de um lugar esquisito em uma cadera muito confortavel nao tem mais ninguem na sala eu vou ate a janela que se parece com a janela de um aviao eu abro ela e caralho to no meio de um pretume alguns pontinhos piscam de longe é a porra do espaço cade a luna saio caminhando pelos compartimentos e nao encontro minha cadela ja estou nervoso grito pelo seu nome e alguem responde shut up

shut up o caralho cade a luna esse cara vai ve sigo sua voz e entro em uma sala que se parece com um iglu e na frente de uma foguera esta o bush o presidente americano com um pincel na mao e um quadro na sua frente em cima de um banco esta sentada a luna mas ela nao se mexe eu chego perto ele pega o pincel e vem pra cima de mim eu recuo a luna nao se mexe eu olho nos seus olhos e ela esta morta empalhada assassino

sinto uma dormencia e caio no chao desmaiado mas nao me sinto desacordado eu escuto aquele homem falando com um sotaque carregado parece um caipira ele reclama com ele mesmo que eu acordei antes do tempo sei que fala sozinho porque ninguem responde alem de ele mesmo eu nao to entendendo nada estao me arrastando no chao esta ficando mais quente eu finalmente abro os olhos e estou na frente da foguera em posicao de indio bush olhando para seu quadro e pintando a cena

estou paralizado mas consigo ver as paredes do iglu repleta de quadros todos doentios e amedrontadores todos com a assinatura bush esse lugar deve ser o atelier desse louco pelo amor de deus me tirem daqui alguem faz alguma coisa dilma socorro era tudo brincadera gosto muito da senhora grande presidente soberana do brasil com todos os merito esse negocio de impitmand é nada a ve eu so quero sair daqui e volta pra minha casa podem fica com os 10 milhoes podem pega todo meu dinhero e faze uma lavagem cerebral eu prometo que esqueço tudo e nao conto nada socorro lula

escuto um latido é a luna ela esta viva ela me morde luna para ela esta brava espumando ta arrancando pedaços da minha perna e ta subindo sai luna ela ta com odio e vai na minha jugular me arrebenta para luna para para pa

a miseria da alma

abri a cartera e nao encontrei nada

documentos alguns cartoes de banco transporte um plano de saude vencido da antiga empresa cartoes de visita de pessoas como um cara que conserta geladera e o tio delegado de um amigo dinhero pouco pouquissimo o suficiente pra compra um pastel e um refri pequeno mas nao era isso que eu procurava

nao sei o que eu procurava admito mas vai que eu achasse como eu queria uma boa surpresa acontecendo na minha vida

esqueci o celular em casa e é como se faltasse uma parte de mim uma parte grande ou como se eu tivesse pelado se alguem me ligar pode fica preocupado

meu dia promete como todos os outros promete ser uma bosta a pressao vai me esmaga e a melhor parte do meu dia é quando to no banhero batendo punheta

isso ninguem tira de mim

olhando as pessoas na rua eu penso se elas sabem o que tao fazendo ou apenas vao seguindo a mare vao dexando as escolhas ou a falta delas fude com a vida e se tem mais alguem tentando ajuda las ou mesmo com pena como eu to daquele senhor parado na sinalera com uma perna bizarra alguma doença degenerativa provavelmente mendigando moedas eu queria muito ajuda ele e quando digo ajuda é faze mais do que da um troco mas eu acabo nem chegando perto e continuo caminhando

caminho o dia inteiro e nao entro em nenhum lugar eu vou chegar o mais longe possivel de qualquer chance de esbarra com algum conhecido e quem sabe nem saia mais daqui

que pena que esqueci meu celular preciso volta pra casa e caminho tudo de novo pensando em mil coisas as mais distintas possiveis vai me falta o que pensa com tanto que preciso atravessa

nenhum conhecido na rua nenhum cumprimento nenhuma palavra se eu fosse uma pedra talvez fizesse mais diferença no mundo

no meu celular quando finalmente chego em casa e pra minha surpresa nenhuma chamada nenhuma mensagem so uns 5000 aviso de grupos do whatsapp que eu parei de acompanha quando tive o minimo de decencia e desprendimento

to acorrentado dentro de casa e penso em fica aqui pra sempre no meu quarto escuro tocando violao que eu toco mal e cantando baixinho que eu canto mal vo escreve nas paredes e talvez me encontrem aqui e pensem que sou um grande genio e procurem toda minha vasta obra e nada encontrem fora algumas linhas anotadas a mao de pensamentos que voaram e perderam folego antes de cairem na minha mente

eu queria fala com alguem eu preciso fala com alguem mas eu nao tenho com quem fala eu acabo na internet e passo horas ali perdendo tempo e me mantendo vivo me sentindo mal e inutil

faça alguma coisa que te de orgulho me falaram uma vez

eu tenho orgulho ate hoje do meu recorde no jogo da minhoca eu simplesmente fiz ela completa praticamente toda a tela com seu corpo enorme e tambem tenho orgulho de quando pintei minha parede de branco e escondi as infiltracoes que escorrem por tudo e de ter assistido todos filme de heroi que passaram no cinema nos ultimos oito anos todos no meu computador é verdade eu tenho orgulho de tudo isso quem nao teria

filho seu pai é foda pode conta pros teus neto que eu fiz tudo isso

nao tenho filhos e nem namorada nem nunca tive alguma confiavel no maximo algum caso estupido que durou o tempo suficiente pra ela nao me conhece direito e descobri que eu nao sou apenas timido e fechado como tambem incapaz de qualquer gesto de amor

é final de semana e finalmente eu nao tenho nada pra faze quero que alguem me salve com seu amor e me tire daqui e me leve para algum lugar incrivel de preferencia bem longe e diferente eu quero tudo que nao posso ter porque nao tenho nem coragem de tenta e me culpo de ser tao dramatico

enquanto minha prosa continua porca e minha bipolaridade nao me salva a terapia se encontra numa churrascaria gastando o dinhero que nao tenho azar

maminha picanha entrecot costela ovelha maionese cerveja costela de porco queijo goiabada eu me entupo e quando o menino negro vem servi salsichao e galeto eu agradeço

um senhor do meu lado que eu ja reparava na sua grossura ao come como um animal e se limpa espalhando farinha na cara gritou o negrao eu ja falei que nao quero essas merda voce é surdo por acaso

a churrascaria é barulhenta e esse comentario nao mudo sua rotina os outros tambem comem como animais mas eu nao esqueci da cara daquele homem

na hora que levantei pra usa o banhero escutei ele reclamando mais uma vez agora com outro garçon o das bebida esse negro de voces é bicho burro é surdo mandem ele de volta pro zologico

nao aguentei

o sujeito que servia a picanha passava perto de mim e num gesto relampago peguei o facao em dois passos eu tava atras daquele homem cutuquei no seu ombro ele olho pra mim dei uma cusparada na sua face e cravei a faca no seu peito

ela nao perfurou tao fundo como eu gostaria mas deve ter feito um grande estrago nao fiquei pra paga a conta tentaram me conter em vao nao fizeram grande esforço assustados com o que acabaram de me ve fazer

caminhei caminhei e caminhei e continuei inquieto fiquei com sede de justiça decidi coloca mais decencia no mundo meu proximo alvo nao podia demora fiz tocaia na praça perto do meu predio pois sabia que alguem seria assaltado quando uma senhorinha berando os 70 anos se aproximo vi que era o alvo perfeito e em poucos segundos um larapio esguio aparece com as maos pra dentro do moletom canguro e encosta do lado dela antes de fala qualquer coisa dou uma voadora nos seus peito derrubo ele no chao e chuto muito sua cara a senhora pede para

saio dali mas nao vo descansa

ainda tem coisa pior pra resolve sim o calotero que deu um golpe no meu pai e fez ele morre de desgosto e na merda eu sei onde ele mora uma bela casa a alguns quilometros nao tem problema e eu nao tenho pressa caminho ate chega na sua rua pouco movimentada e escura em alguns pontos em um deles eu espero uma movimentacao e depois de algum tempo ela acontece um carro branco que nao sei o modelo mas deve custa mais que 60 mil para na frente do portao é agora me movo sorrateramente e entro sem ser percebido o portao se fecha

nao tenho armas terei que acha alguma coisa no patio ou na cozinha nao quero feri inocentes mas ele eu vo mata eu juro pelo meu pai

a porta dos fundos ta aberta e por ali entro sem alarde como um assaltante profissional acabei de descobri minha vocacao na sala um barulho de tv alto em um programa sobre dinosauros so pode ser ele entro lentamente dentro da cozinha pra pega uma arma e acho um martelo de amacia bife é perfeito

volto minhas atencoes pra sala e o canal continua o mesmo passo a passo me aproximo e quando to quase entrando a luz acende fico imovel começa uma conversa no interior do comodo eu paro de respira por alguns segundos e ouço alguem vindo na minha direçao preciso ter um raciocinio rapido se for a mulher ou o filho nao faço nada saio correndo se for ele acerto no meio da cabeça é ele acerto o golpe em cheio e mais um ele cai no chao desacordado eu tento sair correndo e escorrego tomo um tombo dexo cair o martelo levanto e disparo pra fora tiro forças do alem e da minha adrenalina pra pula pelo portao nao me acham mais

missao cumprimida tomara que ele esteja morto e foda se eu vira um foragido nao vao me acha eu vo embora do pais amanha mesmo agora ja sei a vida que eu quero vive

a miseria da vida

versava sobre as dificuldades em manter uma vida digna trabalhando muito e ganhando pouco com projetos na cabeça que nunca saem do papel quando chegam ate la

como as injustiças eram tantas e sempre recaiam sobre mim e nunca dexavam qualquer brecha para que eu brilhasse ou ao menos reluzisse ou mesmo uma pequena fagulha nada o tempo simplesmente passava e eu passando junto nao dexando marcas sendo um zero a esquerda como todos os outros que eu julgava conhecer

agente se acostuma com a mediocridade e nao constesta os fracassos fazem parte a falta de perspectivas so é preenchida por esparsos devaneios e eu sou um merda essa que é a verdade

hoje é o dia de passa tudo isso a limpo nao concorda

meu conselhero é um gato como sempre ele é de medio porte e cor acinzentada olhos escuros e olhar espiado me ouve com paciencia e vez que outra resmunga miau

julgo o miau como um prossiga e prossigo

meus problemas existenciais sao muitos que tomam minha cabeça de assalto e minha auto estima é mais baixa do que qualquer escavacao ja realizada quanto a minha aparencia esse é outro grande problema me acho grande desengonsado e feio um pateta rude e estranho que da medo em quem nao me conhece e mesmo os que me conhecem mantem certa distancia

ele assente com o pequeno cranio e boceja

eu sou um animal selvagem e pouco comunicativo me julgo inteligente mas nao exerço qualquer atividade que coloque a inteligencia em pratica sou um animal sou um robo

o chapeu ah o chapeu na cabeça é o ultimo adereço e talvez o mais primitivo uma tentativa de esconde as entrada a odiada calvice que bateu cedo e a barba é uma compensaçao do pouco cabelo se bem que ate mesmo a barba é irregular eu nao me importaria em ser feio se nao fosse um fracassado isso é deslealdade

vou ate o riacho bebe um pouco de agua e lava o rosto voce quer vir comigo o gato nao responde eu levanto ele fica imovel essa casa velha carrega lembranças que eu achava ruins e hoje me parecem os melhores momentos da minha vida gostaria de volta pra minha tenra infancia abandonado em um saco de lixo no meio da chuva carregado pelas aguas do riacho ate essa casa velha habitada por uma senhora morta e seus gato que me alimentaram e nao me deixaram morre e procriaram e me fizeram parte da familia deles

demorei oito anos pra ter um nome em compensacao tive a oportunidade de escolhe o meu e tenho certeza que nao existe uma unica pessoa que lembra ele ou em algum momento penso em mim sabe eu acho que o melhor a se fazer é desisti larga tudo e qualquer tipo de preocupacao pra aceita a realidade de que eu sou ninguem

ninguem

tu mi putana

hijo de la putana rato brasilenho macaquito de mierda

quando acho que o brasil ta perdido descubro que é assim que as pessoa te trata na argentina quando voce nao da propina pra elas garçon safado quase me acerto uma facada na saida e assim tive que acelera o passo pra mante minha integridade fisica ja que a psicologica faz muito que nao existe

nao posso so reclama seria injustisa logo que cheguei fiz um amigo o senhor lito de uma loja de futebol cheia de camisa manta almofada poster e ate originais de fotos historicas nos demos tao bem que ele saiu pra almoçar e eu fiquei pra cuidar da loja recebendo pessoas e eventualmente vendendo para algum turija e me sai bem naqueles dias juntei dinhero pra paga uma cama e assim consegui me estabelece

a cerveja no restaurante é cara e a quilmes é metade do preço de qualquer outra e no mercado um litro e 300 ml custam quase a mesma coisa acho que eles nao sabe faze conta talvez sejam tudo burro e por isso tao pobre

mas é mentira pois sao culto muitas pessoas esbanjam estilo outras nao tem vergonha de ser bizarra muito bizarra e no final das conta vamo ser sincero aqui é tudo cambio cambio correria taxista garçon cabelerero e as pessoas nas calle te abordando o tempo intero atras de dolares proibidos escancaradamente escondidos te levam pra galerias que te dao um pouco de panico acham que voce é rico so por nao ser argentino coitado deles

‘as argentina sao linda’ e feia e normal achei mediocre isso significa que tranzaria com metade de populaçao e é isso que to fazendo desde que comecei a trabalha como gigolo em plena crise cobrando em euro de idosas de todo canto do planeta se nao tem euro pode paga em dolar e em ultimo caso em libra meu filho se depende do meu cambio se fuderam mais do que fudi elas

no restaurante um brasilero aborda os outros brasilero e assim consegue atrai mais um cliente o meu serviço nao é diferente nao sao so as mulher brasilera famosa pela fogozidade e se depende de mim honro nossa especie e bola pro mato que o jogo de campeonato elas gostam que eu chame elas de putana eu tento explica que no brasil é puta e temos disputa dialetica puta putana pute

mais fanaticos por futebol do que nos por novela esses animal realmente acham que tem mais historia melhores jogadores e que tres copa do mundo a menos nao quer dize nada mais uma vez penso que  eles nao sabe faze conta talvez sejam tudo burro e por isso tao pobre

se precisa de companhia voce ja sabe me procura agora infelizmente tenho que tranza alguem tem que coloca comida na mesa meu filho

so nao me diga que faltaram orgias

voce conhece ela provavelmente estao bebados se ainda nao estao no proximo encontro estarao voce sente que ela é legal voce sente paixao voce ama voce fica nervoso pra encontra ela e conta o tempo pra pode ve ela e ate se arruma pra ve ela voces se amam e ocasionalmente namoram e continuam se amando e talvez se casem algum dia ou fiquem juntos pra sempre

pra sempre ate que chega aquele fatidico dia em que um nao suporta mais o outro um é grossero com o outro um nao faz nenhuma questao de agrada o outro e na verdade parece se esforça pra ser escroto voces se odeiam e nao sabem como termina a relaçao a dexam ela continua por medo de dar um fim voces sao dependentes da infelicidade que criaram e vao seguindo a vida ate que alguem um dia toma uma atitude e termina com o relacionamento

nao vale a pena discuti o que ja ta morto a tanto tempo e é imbecil imputa a culpa em alguem o fato é que voces pouco tranza e quando tranza é uma coisa insosa protocolar bate uma saudade da putaria e como remedio pro relacionamento doses cavalares de sexo em grupo começam a faze parte da rotina um dia tem uma loira na sua cama no outro tem um moreno na sala esperando pra come sua mulher mas tudo bem que na cozinha tem uma peituda esperando pelo coito e por que nao todos transam entre si e mais pessoas continuam a chega na casa

nao é mais apenas em casa voces vao toma um cafe e se trancam no banhero com mais tres pessoas voces vao no supermercado e tranzam no estacionamento com mais um grupo que nem sabe de quantos voces vao no cinema e é uma suruba quando chegam em casa estao tranquilos maravilhados com a vida a relaçao esta novamente flamejando e ate um ‘eu te amo’ escapa da boca de alguem

maratonas e maratonas de sexo começam a consumi a maior parte da semana de voces as noites sao mal dormidas quem sao as pessoas que tranzam com voces na cama no sofa no box e ate mesmo pela cadera de praia que voces tem na sala e é motivo de orgulho pela resistencia as grandes corporacoes de arquitetura e mobilia voces tranzam vendo programas de decoraçao tranzam vendo futebol e tranzam ate enquanto dormem assistindo um filme

sexo

parece que ta tudo bem voce se sente um homem ela se sente uma mulher e entre as milhares de almas que participam da tranza voces formam um casal novamente com aquele mesmo brilho no olho de outrora com caricias e palavras de carinho voce faz questao ate de leva ela em um restaurante legal e pensa ate em pedi ela em casamento quem diria essa convencao secular lhe parece faze sentido no meio das milhares de orgias e chega o grande dia de faze o pedido

nao

ela nao quer casar nao é nada contra voce ela te ama apenas acha que nao é o momento e voce concorda talvez nao seja mesmo eu me precipitei talvez agente precise tranzar mais com mais pessoas

sim

é isso que voces fazem na praia embaixo de arvores no asfalto na grama em locais publicos escancarados e ja sao centenas de caiu na net do casal e dos outros que tranzam junto voces poderiam fatura milhoes com a industria pornografica mas preferem apenas o prazer parece que esta ficando cada vez melhor ate que um dia ela diz que ta cansada de voce do seu mau humor das suas manias da sua falta de dinhero e educaçao do seu egoismo da sua sujera da falta de companherismo da falta de conversa e agora esta tudo acabado

voce segura o choro e com olhos marejados nao perde a dignidade responde de peito estufado tudo bem mulher eu tambem ja tava cansado de ti acho que é melhor assim

ela vai saindo de fininho e voce se remoendo por dentro ela vai se afastando quando voce grita so nao me diga que faltaram orgias

o apocaliptico mundo real

em mais um recreio no colegio particular faz muito calor fora do ar condicionado da sala de aula e a fila é grande pra compra merenda

enquanto os jovem vao se esbaldando com seus croasan o seu fortunato vem chegando com sua kombi trazendo o lanche que sera vendido durante a tarde ‘como come esses meninos ate parece que nao tem comida em casa’ ele pensa

a kombi adesivada com uma estrela vermelha entra na escola como se fosse uma nave espacial aterisando pronta pra abduzi alguns sortudos e mata o resto todos olham pra ela como se dali fosse desce um criminoso

seu fortunado saiu do carro e viu que muitos olhavam pra ele pareciam indignados com olhar de nojo e reprovaçao mas ninguem tinha coragem de fala nada e tambem tinha todos salgado na bandeja que ele tava levando pro bar que distrairam um pouco aquela multidao

so que o recreio é longo e o seu fortunato demorou pra volta tempo suficiente pro menino lucas chega com uma pedra na mao e quebra o vidro que trazia o adesivo do diabo logo varios colegas chegaram junto e quebraram tambem outro vidro da pobre kombi que nao tinha alarme nem seguro

quando o pessoal do bar percebeu o que tava acontecendo ja era tarde demais os revolucionarios do colegio ja tinham tombado a kombi tirando forças sabe se la de onde

eram muitos mas nao foi dificil identifica um por um nao que as cameras de segurança tivessem flagrado alguma coisa mas porque a menina cintia gravo tudo enquanto comia sua torrada o video foi para na internet e viro um pequeno viral

saiu no jornal da cidade saiu ate na tv alguns pais nao gostaram ‘meu filho é pequeno ele nao tem ideia do que tava fazendo’ disse um comedido ‘aquele velho safado provocou as criança’ proferiu um mais exaltado

realmente a culpa era de fortunato o bar foi fechado em duas semanas pra investigaçao interna e so reabriu tempos depois agora sob nova direçao e com cardapio novo incluindo uma deliciosa coxinha

nenhum aluno foi expulso e a kombi foi paga muito a contra gosto atraves duma vaquinha organizada pelos pais dos pequenos famosos

depois de toda repercusao a menina cintia acho que o episodio merecia um desfecho ou ao menos mais um video pro menino lucas e os outros explicarem o que aconteceu

no final ela so fez um depoimento com o lucas e penso que era o suficiente o video terminava assim ‘nao tenho nada contra esses comunista mas nao é justo que agente se esforce tanto pra banca os vagabundo que vivem fazendo filho pro bolsa familia eu so quis mostra que nao concordava com essa putaria’

festa da democracia

a noite ontem foi acaba hoje pelas nove da manha e parte do povo brasilero se encaminhava pra vota de virada com pupila dilatada e claros sinais de embriaguez que perduravam aquela hora

como pode ser tao irresponsavel pelo futuro do pais como pode vota diferente de mim como pode ser tao burro

eu tava quase curado quando cheguei na minha sessao inclusive se me perguntassem na tv meu voto talvez eu convencesse outros alucinados que assistiriam na casa de alguem tambem sem dormi a vota nos meu candidato se essas pessoas forem como eu estarao com calor mesmo dentro da sala delas na rua ta um verdadero inferno talvez seja uma penitencia pelo que vai acontece vejo pessoas votando de bermuda e chinelo de dedo vejo pessoas com roupas sensuais poucos identificados com algum partido com excesao de uma loira maravilhosa com rosto de princeza e um corpo moldado a raras ferramentas

vem faze boca de urna comigo eu pedi pra ela que disse um numero ou dois e nao entendi muito bem como entramos naquele corredor escuro eu ainda sob efeitos diversos percebia agora que fechei os olhos acho que nao sei sair daqui

tava tudo muito bom mas moça eu preciso vota abotoei as calça é hora de exerce a democracia respeite minha ideologia que respeito a sua nenhuma delas é melhor do que o que fizemo agora sem duvida

to pronto eu pensei quando entrei no galpao como bom brasilero que vota dentro de um galpao e olhei nos fundo do documento o numero da minha sessao essa vez vai se mais facil de acha nossa senhora meu pai do ceu de onde saiu essa mesaria

bom dia eu gostaria de vota
sim senhor so um instante
esperei
prontinho pode assina aqui
sim meu bem
pode vota
desculpa mas eu nao sei vota voce por favor me ensina
senhor nao posso faze isso mas é bem facil digita os numero dos candidato
quem é primero
governador depois presidente
e qual deles vai faze eu ganha dinhero pra compra uma mansao a sua altura
nao entendi senhor
eu to completamente apaixonado por voce
senhor por favor pode vota ali
mas eu te amo
brigado mas vota que tem gente esperando
eu quero voce
entao vai vota

votei finalmente votei tudo errado segundo o que pensava os que esperava por mim

ate que horas voce fica aqui
o dia todo senhor
entao espero o dia todo aqui
nao precisa

precisava e muito e como tava escaldante fui ate uma sorveteria e comprei uma casquinha pra ela quando cheguei de volta ja tinha derretido tudo ofereci meus dedo pra ela lambe

sai daqui nojento

por que tamanha estupidez minha filha ja disse que te amo mas cade a boca de urna deve ta em algum canto acho que ta passando o porre e começando a resaca socorro

fui ate padaria mais proxima e comprei um sanduiche de murcilha com quejo de porco agora eu vo ganha o coraçao dela

minha flor trouxe um sanduiche
sou vegetariana
tudo bem eu tiro a murcilha
murcilha
é de murcilha com quejo de porco
quejo de porco
é bom
sai daqui o asqueroso
para com isso grossera
entao me traz um sanduiche de rucula com tomate seco e quejo roquefort

rodei a cidade em busca desse sanduiche que pelo nome custaria meia bolsa familia as padaria nenhuma tinha fui ate no mercado quando decidi que eu mesmo iria preparalo comprei pao australiano o mais caro e mais um monte de coisa incluindo cha de pessego e alfajor sem lactose ela nao tera como resisti

voltei pro galpao quente e nao percebi que ja era tarde quase cinco hora se passaram desde que eu sai fiquei nervoso cade minha mesaria mal conseguia enxerga seu rosto atras daquela pilha de sanduiche

o meu é melhor
dei uma mordida em cada um tao uma delicia
mas eu mesmo fiz
que nojo
nao fala assim po
me ve o sanduiche
alcancei

ela mordeu mastigo e engoliu era como se tivesse alcançado a maior alegria da sua vida

trouxe catchup
nao
voce nao serve pra nada
mas eu tenho aqui cha gelado
uhm
e um alfajor sem lactose que eu sei que voce é alergica
isso é mentira
prova
que delicia
quero vota de novo me deixa
nao posso
mas eu achei que voce me amava
calma cara
me deixa vota po
nao pode seria um crime
nao conta pra ninguem
so se voce me busca uma torta de bolacha

eu so tinha quinze minuto pra ir e volta uma missao perigosa me sentia o corredor da maratona que veio aquele padre louco e atrapalho ele a padaria ficava cada vez mais longe vo perde tudo nao é possivel eu consegui

ta aqui a torta deixa eu vota
ta bom vota la
apertei 00 e 02 nao apareceu a foto de ninguem nao seria justo vota de novo mas se outros estivessem votando duas vezes ou comprado tortas interas e votado cinco vezes que coisa gostosa vota

votei
me espera la fora que daqui a pouco eu to saindo

ouvi uma sirene chego um carro da policia no minimo tem um bandido aqui

parado
nao entendi que era comigo e fiquei ali parado porque ja tava assim gritaram de novo parado e chegaram me algemando
o senhor esta preso crime eleitoral
mas eu nao fiz nada
o senhor tem o direito de fica calado nao fiz nada

safado sem vergonha eu ouvi e saindo de tras da viatura eu vi ela a loira da boca de urna maravilhosa magnifica voce vai preso otario quanto odio no coraçao me tira daqui mesaria alguem faz alguma coisa

amor nos tempos da colera

num dia desses de chuva molhada muito vento cheio de gente gripada pelos canto todo mundo encasacado e se fosse possivel coloca uma estufa no planeta terra é o que devia se feito ta la os mendigo batendo quexo na calçada voce de meiao de futebol por baxo da calça e todas tentativa desesperada pra atenua o frio

tudo em vao voce sabe que nao tem jeito so rezando pra esse dia acaba de uma vez eu preciso do verao eu to desesperado eu quero dormi pelado eu quero mulheres de biquini eu quero cerveja gelada caipirinha eu quero mulheres de saia meu deus tem uma mulher de saia uma potranca dona de um rabo de respeito minha filha voce nao sente frio cheguei logo falando sei que nao é um bom inicio de conversa azar

la no canada peguei frio bem pior

meu deus ela é escrota e nao merece nem mesmo uma virgula o melhor é sai daqui e nunca mais ve essa babaca arrogante asquerosa mas olha as perna torneada olha essa coxa o tamanho dos peito vamo da mais uma chance

frio mesmo peguei na islandia

é claro que nunca fui pra islandia mas quero ve o que essa churanha vai fala agora tudo aquelas gelera aurora boreal e o caralho

adoro

talvez ela foi longe demais nessa hora parei de raciocina ainda mais olhando aqueles olho verde

eu acho que te amo
eu tambem te amo
mas eu nao tenho certeza eu so acho
eu tenho certeza
voce é linda demais
sao seus olhos
voce é uma deusa
brigada
vamo pra minha casa
mora onde
vamo pro motel
onde moras
conheço um motel muito bom
perto da tua casa
perto daqui
aqui é perto da minha casa
vamo pra tua casa

fomos

uma mansao um palacete um castelo uma fortaleza ou apenas ‘drikas home’ pra quem da check in eu quero é joga meu celular fora e mora dentro dessa morena recebe mais resposta escrota nao me importo tomo ate vinho se for o caso pra parece culto escutando musica classica mozart e betoven artistas conteporaneos como wagner e villas boas aprecio o que ha de mais inovador no mundo moderno e principalmente o que voce tem no meio das pernas mulher

estava tudo perfeito entre nos porem o frio nao dava tregua sim continuava gelido um inverno fora de hora e eu desconfiado tem alguma coisa errada so pode cada dia a saia dela ficava mais curta daqui a pouco vo encontra ela na rua e vai ta despida a humanidade precisa estuda esse biotipo pra tenta acaba com a hipotermia mas é uma coisa tao contagiosa que eu mesmo to de bermuda e chinelo de dedo e to sentindo calor sera que to com febre sera que to com ebola eu fiquei apavorado e tive que pergunta pra ela

o que voce acha da gente casar
o que voce acha da gente transar me respondeu sem pestaneja
mas de novo a gente so faz isso
eu so quero sexo apenas sexo
eu so quero amor apenas amor
entao procura outra
mas eu quero voce
preciso ir embora to com frio

ela sumiu o vento bateu e meu coraçao gelou

procurei ela por semanas acho ate que mudo de endereço pra quem era tao segura de si achei tudo muito estranho qual é dessa menina parece uma louca psicopata começo a faze calor e eu continuava esperando ela finalmente era verao muitos graus na rua pessoas suando e eu admito um pouco desesperado e teve um dia que fiquei 48 horas na frente da porta dela eu preciso dessa mulher e finalmente veio ela numa temperatura infernal vestindo casaco de pele agora era loira isso nao é normal e nao teve jeito cheguei do lado dela e perguntei voce nao ta com calor

la na australia peguei calor bem pior

um dia qualquer no subway

– boa tarde pode faze o pedido
– quero um 15 centimetro parmezao com oregano
– o paozao ou metade
– 15 centimetro
– metade entao
– é
– qual recheio moço
– qual o barato do dia
– frango teryiyhiaki
– entao quero esse mesmo
– queijo chester pato ou suino
– como
– chester pato ou suino
– prato
– é pra esquenta
– sim

– alface e tomate
– sim
– mais alguma salada
– pode coloca todas
– picles tambem
– sim
– pimentao tambem
– sim
– cebola tambem
– sim
– pepino tambem
– sim
– rucula tambem
– sim
– azeitona tambem
– nao

– algum molho
– cebola agridoce e barbecue
– posso fecha o pedido
– quero oregano
– posso fecha o pedido
– quero pimenta do reino
– posso fecha o pedido
– sim

– qual foi o pedido
– frango teryiyhiaki
– esse ta em falta
– eu ja pedi
– nao tem
– é o meu
– voce jura
– sim
– alguma bebida
– nao
– 7.25
– credito
– bom lanche

apenas mais um natal

a mesa farta a familia reunida a tv ligada na globo como objeto de figuraçao e aquele calor infernal

os mais velhos bebem e bebem muito cerveja caipirinha whisky rum conhaque batidas capetas

os pequenos nos sucos ou refrigerantes e na espuma da cerveja no açucar da caipirinha no golezinho de schnaps devidamente fornecidos debaixo dos panos pelo vo

ate as 10 da noite estao todos alcolizados incluindo os menores de 12 anos é mais ou menos nessa hora que meu tio nos chama pra dar uma volta na rua pra joga conversa fora e pro nosso azar bem na hora que o papai noel passou ali e deixou os presentes

quem sabe no ano que vem agente ve ele

a mae diz que foi o bom velhinho quem trouxe a bicicleta que o guri pediu mas fica braba se o filho nao agradece pelo presente

a festa segue e o pai sentado em um canto so faz figuraçao todos sabem que eles tao se separando menos a criança a pobre criança mas isso hoje em dia é normal vai fica tudo bem

mas la pela meia noite encosta um del rey do outro lado da sua e da carona salta ele um papai noel magro e engraçado chega chegando senta na cadeira de balanço e la vai a piazada pula no colo dele ouvi palavras sem sentido ‘nao to te entendendo’ fala o mais velho dos pequenos

o bafo de cachaça dava inveja ao dono da casa e as historias de carrocinha tinham ingredientes de psicodelia era um papai noel drogado que ja causava desconforto um sentimento minimo perto do que estava para acontece

aquele que era pra ser o bom velhinho sumariamente tiro uma arma do bolso e mando os homens encostarem na parede as mulheres choravam

o saco do papai noel foi se enchendo de todos os presentes do fatidico amigo secreto so fico a listinha nem a bicicleta ele deixo pra tras quando volto o del rey pra lhe busca

alto la

correndo com um 38 na mao o avo nao pensou muito antes de descarrega o pente nos peitos do homem que lhe arruinou o natal seu comparsa nao prestou socorro pelo contrario canto pneu e foi embora

o papai noel é ladrao disse o menor dos netos
o vo mato o papai noel disse o outro

pelo menos os presentes estavam todos ali intactos
recolheram eles e voltaram pra dentro de casa ja estava começando a missa do galo