saida de emergencia

acordei atrasado

na verdade o despertador tocou na hora e eu botei mais uma duas vezes pra tocar de novo ate que eu tive que sair voando

botei a roupa de qualquer jeito lavei a cara nao comi nada

corri o corredor pra chamar o elevador que por sorte estava perto nao demorou como de costume abri a porta e entrei preocupado e com pressa quase nao notei o papagaio

nao havia nenhum andar marcado presumo que o animal nao saiba como fazer isso ou talvez seja culpa da gaiola pois ele esta preso calado no seu canto com um olhar acuado

apertei o terreo e instintivamente bati as maos no bolso e percebi que nao estava com o celular o meu deus como viver sem o celular tentei abrir a porta nao deu ja começava a descer apertei o 5 e o 4

nao sei se ele tomou um susto se estava perto demais do andar pra parar o fato é que o elevador nao respondeu bem e travou no meio do caminho forcei os pes contra o chao fazendo o movimento de empurrar mas nao adiantou nada a porta nao abria nao tinha como sair dali bati as maos na parede eu estava ficando nervoso

tentei o botao de emergencia mas nao tem microfone ligacao nao tem um jeito de falar com alguem de fora eu so tocava e fazia aquele apito bem alto eu nao tinha celular so tinha o papagaio

comecei a conversar com ele
acho que foi ele quem começou a conversar comigo

loro
oi
loro
loro

um breve silencio e ele retomou

a vó
oi loro
loro

eu nao sou a vó loro

ele começou a balançar ir pra frente e pra tras so a cabeça mexendo as patinhas bem paradas

han
han
han

eu falei loro vai ficar tudo bem

ahhn
ahhn
ahhn
ahhn
ahhn

caiu a luz

caiu a luz e o loro se remexia ainda mais na gaiola eu nao sei fazer o grunido ele nao tava a fim de conversa so do barulho chato alto insuportavel dentro do elevador ainda pior uma tortura pura

me arrependi da maldita hora em que eu respondi ou comecei a falar com esse papagaio

o elevador continuava trancado nao sei se dou um tapa na gaiola se eu grito com ele mas ai eu tenho a ideia sim o isquero no meu bolso aquela escuridao entre nos eu pego o isqueiro acendo e o papagaio se apavora e finalmente fica em silencio na hora é minha vez

escuta aqui loro a gente ta aqui na merda junto a tua vo se ela nao for uma idiota ela vai ver que esse elevador ta trancado se ela nao for estupida ela vai ter um celular no bolso e vai ligar pro zelador o que resta pra mim e pra ti loro é sofrer e esperar acreditar que alguem vai nos tirar daqui

ele nao responde nada apenas olha para o isqueiro na minha mao e eu continuo o meu discurso porra loro eu tinha uma reuniao importante devem ta ligando pro meu celular devem ta achando que eu sou um irreponsavel que eu sai pra beber ontem de noite que eu fiz arruaça loro a vida nao é facil e tu vive bastante que eu sei

tu nao fala muito tu ate sabe grita mas falar nao me diz o que tu faz da vida cara porque tu ta nesse elevador me fala

la
lalala
lalalala
la
lalala
la
lala

o loro começa a cantar uma melodia infantil graciosa é aquela musica brilha brilha estrelinha quero ver voce brilhar ele canta bem so fazendo la lalala lalalala la lalala la lala e aquilo me acalma eu sento no chao e acompanho ele

a chama do isquero ilumina a nossa cantoria eu e o loro e ninguem mais nesse mundo

lobo solitario

eu tinha 16 anos e finalmente o ultimo amigo solteiro começou a namorar que tempos dificeis eu vivi

um pouco antes disso achava que uma colega de aula gostava de mim eu era novo na turma e a professora nos colocou a sentar juntos nos demos bem agente passava o tempo todo conversando dando risada e ate quase nos beijamos uma vez ou talvez isso nunca aconteceu o fato é que na verdade ela tava afim era do meu amigo tambem nosso colega e se mudou de colegio junto comigo era o ultimo sobrevivente da tribo solteira

estranhei quando eles começaram a namorar porque foi assim de repente um belo dia estavam namorando nem ele nem ela me falaram nada achei estranho pois supostamente era amigo de ambos

me tornei um lobo solitario ate o ponto em que fui obrigado a fazer novas amizades

gente chata bebada e idiota bons companheiros naquele idade agente é meio doente totalmente inconsequente e pobre o que nos leva a experimentar todo e qualquer tipo de bebida barata e forte quando damos sorte paramos na casa de um amigo que tem um pai que gosta de bebida e tem um bar cheio de coisa boa

lembro de toma cachaça com coca sem gelo
lembro de toma whisky importado quando se usava a expressao whisky importado
lembro de toma cunhaque do faustao e vomitar em seguida
lembro de toma tequila e cerveja alternadamente como se a cerveja fosse agua
lembro de toma absinto e alguem me dizer vai com calma

eu me divertia um bocado com esse pessoal e numa noite dessas saindo em uma festa improvavel no meio das ferias de inverno encontrei a minha colega que namorava meu colega que por sua vez estava viajando com a familia para um lugar longinquo

na volta das aulas eu falei em tom de piada para minha vizinha de mesa como tu foi capaz de trair meu amigo

ela subitamente congelou e entrou em panico da sua boca sairam as palavras como foi que tu descobriu

pronto o que voce faz nessa situaçao

eu disse conta pra ele antes que eu conte eu nao quero contar entao conta antes mas se tu nao contar serei obrigado

quando ele voltou o primeiro dia se passou e ela nao contou nada eu disse conta no segundo dia ela nao contou de novo e antes que eu tomasse alguma atitude outro amigo deu a noticia

olha nao sei como te falar mas voce é corno

acontece que ele descobriu outra traiçao essa pior porque era com um cara da outra turma eu fiquei indignado e disse meu amigo nao foi a unica vez que isso aconteceu

confesso que senti uma pontinha de alegria porque recuperaria mais um amigo agora um de fe um amigo de longa data solteiro novamente so que ele perdoou a menina e eles continuaram namorando escondido nao queria ficar com a fama de corno manso e quem acabou se fodendo na historia foi o cara que contou a traiçao e entrou na lista negra da namorada

eu continuei solteiro e aos poucos fui me tornando um alvo da sociedade deve ter algo errado com ele qual o problema desse guri como alguem dessa idade continua assim sem nunca ter namorado ninguem

estava fadado a morrer sozinho todos caminhos apontavam para isso a unica pessoa que parecia nao se importar era eu ate comunidade no orkut fizeram pra tentar encontrar uma namorada pra mim

pra que tanto desespero ate parece que esses namoricos juvenis duram pra sempre

pior que alguns duram mesmo fico assustado quando encontro casais que estao juntos desde aquele epoca e por mais que ache bonitinho eu sinto um pouco de pena deles eu sei que soa babaca nao posso fazer nada infelizmente

o namoro da traiçao ate que durou um bom tempo mas mais cedo ou mais tarde iria ter um fim

e eu sim eu perdi o grande amor da minha vida ela tava ali no meio dessa bagunça adolescente agente so nao se enxergava agente nunca tinha nem conversado a melhor parte é que ainda temos todo o tempo do mundo pra se ama