o ultimo drink

tomo um gole da bebida servida no meu copo
respiro

damos risadas muitas risadas
lembramos casos absurdos coisas que nem o mais louco teria coragem de inventar
historias tao mal contadas que so podem ser verdades
que sao obra de alguma graça divina que nos colocou no mesmo caminho
obrigado senhor

assistimos videos
eles sao toscos e deprimentes
registros de ontem de 5 e de 10 anos atras
devem ter outros ainda mais antigos escondidos
as fotos nem sei onde estao guardadas
eu gravo nossa conversa para que ela nunca acabe

meu semblante sereno e minha fala mansa escondem o desespero que toma conta do meu corpo
o formigamento nas maos o frio que sinto na espinha

daqui a pouco eu nao vou estar mais aqui
vou caminhar lentamente pela calçada molhada
se tiver sorte escaparei da chuva
sao apenas alguns passos ate o meu predio
tao pertinho desse onde ja morei tambem

a diferença é que depois de hoje eu ficarei sozinho
nao por um dia uma semana ou ate um semestre
sabe se la por quanto tempo vai ser

sempre achei que era viciado nessa rua
nessa vizinhança
ja tentei sair mas sempre acabo voltando

finalmente me dei conta que não é o lugar
nao sao os bares
nao é o movimento de gente
nao sao as festas que nunca mais fui
nao é nada disso

é meu amigo
meu melhor amigo
que esta indo embora

Anúncios

Um comentário em “o ultimo drink

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s