entrevista com o jornalista dinamarques

depois de muita polemica e acusaçao de fatos ate entao desconhecidos no brasil como corrupçao e moradores de rua chamei o amigo jornalista dinamarques pra esclarece o que ele viu e porque foi embora e nao vai ve a copa

magno
boa tarde mike

jornalista dinamarques
bom tarde magno pode me chama de jornalista dinamarques

magno
tudo bem jornalista dinamarques

jornalista dinamarques
apesar de muito triste com a desigualdade social que vi no brasil eu to feliz aqui na minha dinamarca agora

magno
mas nao vai ve a copa

jornalista dinamarques
eu nao preciso da copa preciso de mais justiça no mundo

magno
voce tava cobrindo a copa pra qual canal

jornalista dinamarques
pratico o jornalismo independente sem vicios e visao autoritaria de um meio de comunicaçao capitalista

magno
e foi grave o que voce viu no brasil

jornalista dinamarques
muito grave tao grave que eu fui embora pra nunca mais volta

magno
o que exatamente voce encontro aqui

jornalista dinamarques
eu vi fome miseria vi gente atirada nas calçadas mas o que me deixo puto da cara mesmo e triste foi que essa pobreza estava sendo maquiada

magno
a higienizaçao do brasil

jornalista dinamarques
exatamente eu achei isso muito triste e revoltante

magno
e voce como jornalista independente nao penso que talvez seria bacana investiga isso mais a fundo

jornalista dinamarques
se as pessoas soubessem o que aconteceu durante os meses antes da copa elas ficariam anojadas

magno
e porque voce nao conta porra

jornalista dinamarques
eu escrevi tudo que tinha pra escreve minha consciencia ta limpa

magno
fala a verdade voce nao conseguiu ingresso

jornalista dinamarques
meu sonho era cobri uma copa do mundo ainda mais no pais do futebol

magno
e os ingresso

jornalista dinamarques
tem que acaba com a corrupcao no brasil isso ainda vai leva essa naçao para o fundo do poço

magno
e os ingresso

jornalista
chega de fecha os olho pra essa baixaria

magno
e os ingresso porra

jornalista dinamarques
é muita vulgaridade no brasil e crianças passando fome enquanto alguns poucos controlam tudo

magno
conseguiu ingresso ou nao

jornalista dinamarques
futebol é o opio do povo

Anúncios

36 comentários em “entrevista com o jornalista dinamarques

  1. Mas amigo, por favor, faça uma aulinha de português – no teu estágio, acho que Português Básico 1 ajudaria. Não dá pra entender nada da tua transcrição.

  2. meu amigo sou pos graduado e to fazendo douturado espero que ate ano que vem tenha terminado meu phd vai se fode otario babaca escroto te esculacho mesmo porque voce é a escoria da humanidade

    volte sempre porem nao julgue as pessoas assim de maneira tao rasa

    1. Não parece, as expressões são vulgares e usa muitas gírias, ta certo na leitura de mundo, mas é muito vulgar.
      Mas é a velha história do pão e circo, hoje em dia bolsa família e futebol

  3. Você é escroto demais! Vai aprender um pouco de português antes de escrever matérias com escritas esdrúxulas. Pensei que fosse uma matéria bem escrita, perdi meu tempo! E outra se você é pós graduado, PHD no caralho a quatro, é por isso que chego a conclusão que o País está uma merda por causa de pessoas como você!

    1. É disso que estou falando. Inovação só é válida quando é pra frente, não para trás. Quem gosta de ignorância não pode valorizar o conhecimento.

      1. Ao usar o mesmo nível dele, infelizmente, vc ficou igual ou pior.
        Por mais revolta e/ou raiva que sintamos, devemos usar da ética e do bom
        texto para publicar ou criticar uma informação.
        Quanto a entrevista, tenho minhas dúvidas que ela tenha acontecido de verdade. Segundo o próprio entrevistador ao afirma ter usado vocábulos errados de propósito o fez para chamar atenção é claro.

      2. Você deve conhecer uma tal de Licença poética, né? Muitas vezes a escrita errada é feita de forma irônica. Não perceber isso pode ser indicativo de uma capacidade reduzida de interpretação associada à arrogância.

    2. Mas gente, alguém acredita que esse trapo tenha ligado lá pra Dinamarca pra falar com o jornalista?
      A criatura traçou uma hipótese e “enventou” uma entrevista pra explicar. Cuidemos com nossas fontes de informação.

  4. Dinamarquês no Brasil

    Teve boa intenção. Até aprendeu português. Veio mais cedo conhecer o caminho. Iluminado: não quis compactuar com a baixaria.

  5. Tenho um diploma em “Letras Vernáculas com Inglês” e procuro honrar o meu diploma escrevendo corretamente mesmo quando estou teclando mensagens para amigos e parentes. Há que criticar a Copa, mas criticar com fundamento, com profundidade. Por outro lado, quem se propõe a fazer comunicação escrita, deve respeitar a língua, usá-la adequadamente. Quem se expõe no mundo vai receber um retorno das pessoas. Aprender a aceitar críticas nos ajuda a crescer como pessoas e profissionais. Você demonstrou um certo talento, vá em frente!

  6. Para a maioria, a forma é mais importante que o conteúdo; já vi discussões que poderiam gerar ótimas ideias irem para o buraco por conta disso.

  7. e eu volto pra ler e rir de quem não entende que o os escritos do artista que comanda aqui o blog se trata de apenas uma zuera saudável com conteúdo mas uma zuera e acabo ficando com a sensação de que não entender isso faz de todos uns boçais aí depois penso não é possível isso quem tá criticando a escrita deve tá de ironia também aí fico confuso e apesar do magno meio que me imitar eu sou fã dele risos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s