manifesto do partido colunista

chega dessa porra de corrupção caralho
tamo cansado dessa gente no poder
sarney e renan calheiros o brasil tem nojo de voces e do bigode de voces mesmo o seu que nao existe renan

o povo nao atura mais tanta robalhera
o gigante acordou e veste verde e amarelo cores vivas cor das arvores e das riquezas brasileiras fora mensaleiros

saimos do orkut cacete nao tem mais ninguem la porra nem no facebook tamo na rua caralho twitando e botando fotinho no instagram tem uns brega no meio sai da foto feio porra fazendo petiçao online agora tu ja era dilma impechman pra ti sua maloqueira

o brasil nao aguenta mais tanta verba desviada pro bolso de gente safada enquanto milhoes acordam as 5 da manha pra ganha um salario minimo isso é um abuso chega de bolsa familia é o preço de louis vitton que esses pobre gastam em comida caralho vai se fode #changebrazil

ta todo mundo junto vem pra rua mas nao esquece a maquiagem porra

e nao deixe de ter a sua coleçao de porcelana do movimento vem gratis na compra da revista

—–

editorial caras

é tarde demais pra gritar contra a copa?

não é nenhuma inverdade dizer que demorou pra acontecer no brasil.

a primavera arabe ja fez dois aniversarios, ditadores caíram, outros continuam em guerra com a população (usando até armas químicas). a juventude da europa, que tá praticamente toda fodida, já foi pra rua faz tempo pra não sair mais. nos estados unidos ocuparam wall street.

essa onda chegou aqui agora. de maneira legítima e autêntica. a onda, a massificação, porque os protestos não são de hoje.

e agora quem segura? as balas de borracha e as bombas de gás não seguraram, só levaram mais gente pra rua.

e agora no que isso vai dar? não é uma massa de manobra, é um grito autêntico. que não é homogêneo. então basicamente pode acontecer de tudo.

o foco inicial era na passagem de ônibus. se alastrou. continua a questão da tarifa e essa vitória ainda precisa ser conquistada. no campo prático vai ser a primeira. a questão do transporte público vai muito além. sem falar no beabá: educação, saúde, infraestrutura e tudo aquilo que não temos. falta tudo isso, mesmo assim já vencemos. ao menos a primeira batalha, de nos fazer ouvir.

e como se ouve gente falando mal da copa nessas manifestações. discurso atrasado? em proporções muito menores tiveram os protestos ao redor do tatu bola. defendido com unhas e dentes pela pm brasil afora. nada muito diferente do que vemos hoje. então é mentira dizer que só agora abriram a boca. como também é inegável dizer que esse movimento anticopa está imensamente mais forte. contando com o apoio de muita gente apaixonada por futebol, que provavelmente tinha na oportunidade de ver e viver uma copa do mundo um sonho. só que essa oportunidade não é verdadeira. tentaram nos vender isso, quase engulimos. reagimos.

o povo brasileiro não vai estar dentro dos estádios. o povo brasileiro ainda está esperando as obras que vão transformar o país. o legado da copa. a mobilidade urbana avançou quase nada, o resto nem se fala. os palcos foram erguidos e parece que todo mundo se deu conta que a maior mudança vai ser essa. arenas elitizadas no lugar de estadios antigos. o único “avanço” vai na contramão de tudo que se espera de um país igualitário. valeu, copa, você é fera.

mas se o maior acontecimento esportivo do planeta terra está servindo para alguma coisa (se alguém acha que a olímpiada é mais importante não tem problema, a próxima também é aqui…), é para virar os olhos de todos os cantos pra cá.

a turquia chamou a atenção mundo? o brasil com certeza vai e está chamando muito mais. somos a bola da vez. seríamos sem a copa. com ela então.

não é nenhuma inverdade dizer que demorou pra acontecer no brasil. mas aconteceu numa bendita hora.