festival de tetas

em plena segunda feira a noite a espera pelo onibus era infinita passavam linhas inuteis que ninguem pegava e outras tao lotadas que havia seres humanos pendurados pelas janelas a parada ficava cada vez mais cheia e o tempo insistia em passa devagar ou talvez fosse efeito das drogas

foi entao quando eu ameaçava a desistencia que surgiu pela rua escura a conduçao que eu tanto sonhava quase escondida atras de outros onibus e esse momento é sempre tenso quando ele para longe da parada e de repente abre as portas viu se correria e tumulto pois o medo de perde lo nao era so meu

todo esse panico passo quando finalmente subi os degrau passei a catraca e fui expremido pela multidao parecia ruim porem olhei pra baxo e vi o decote de uma peituda era uma boa visao hipnotica sem duvidas me prendeu o olhar por muito tempo

tentei ser um pouco discreto e olhei pro lado me deparei com outras mamas gigantescas olhei pro outro lado e mais e mais peitos fartos todos cobertos alguns mais visiveis porem todos instigantes

alguem puxo a cordinha e o onibus encosto desceram os outros unicos tres homens e foi como se deus dizesse aproveite é tudo seu senti que realmente era um sinal divino no instante em que a primera garota desabotuo a blusa e me mostro os mamilos marrom

o motorista começo a acelera e quanto mais rapido andava mais mulheres tiravam seus casacos camisas e sutias era um verdadero festival de tetas

a provocacao era demasiadamente grande e nao tardo pra eu começa a mama aqueles peito nao apenas de uma ou duas mas dezenas todas com verdaderos meloes deliciosos eu babava eu lambia e me perdia naquela imensidao

o paraiso sobre rodas foi passando de sedutor pra selvagem e os peitos começaram a me ataca me assustei com a agressividade mas continuei extasiado entre os titi ate que a situacao passo do limite e eu via mulheres chorando de dor porque elas faziam isso nao sabia em nome do meu prazer descobri

a ultima parada era dentro do motel e foi pra la que todas femeas suas tetas fartas e eu terminamos a noite numa estupenda orgia

ruim foi fica esperando o onibus no outro dia de manha

obrigado por me fuder

cidadao paga mais de 100 reais pra entra em um estadio de futebol e nossa senhora desculpa nao é estadio é arena nao duvido que em alguns anos a palavra ‘campo’ sera substituida por ‘palco’

mas nao é sobre isso que quero fala e sim da felicidade de vive em um sociedade muito bem organizada cujas veias corre um sangue europeu nato no maximo nobiles e olhe la porem somos ricos ou integrantes da chamada classe media

ta perai olha isso

olha as caderas que coisa boa esse conforto essa visao privilegiada é realmente boa e isso nao tem como discorda parece o galvao vendo o jogo da cabine com a diferença que o casagrande nao ta do meu lado cheirando cocaina so que da uma olhada na grade que ta separando as torcidas quando for contra um rival vai da problema opa um cara ja conseguiu arrebenta aquilo ali e agora ta apanhando que bom que existe o instituto ‘brigada militar’ e tudo esta sob controle

la embaixo ha gente com sinalizadores isso é proibido no minimo sao os mesmos que estao brigando todos os jogos e tempos atras ate tiro trocaram na saida da antiga morada ou talvez nao sejam eles na via das duvidas ainda bem que a bondosa brigada militar ta ali pra nos salva e baxa o cacete nesses maloqueros

deve ta tudo bebado com esse veneno que é a cerveja que vendem dentro do estadio chamada liber e provavelmente servida na ceia do satan para os de pior comportamento

so to achando estranho como os pobre entraram no teatro digo estadio digo arena pra faze esse escarceu se o ingresso ta tao caro ou talvez sejam uns playboy maloquero ou talvez gente que rouba pra consegui paga esse ingresso ou qual sera a explicaçao e o que é isso tem gente de idade brigando do meu lado que porra é essa

acho que tao fazendo bem em elitiza o futebol olha como deu certo na inglaterra estadio sempre lotado foda se que sejam os mesmos sempre afinal sao business e faz parte de um pojeto