bons amigo

tinha um amigo bem amigo mesmo de faze altos programa de indio junto a ultima vez que ouvi fala dele o rapaz tava fazendo quejo na irlanda e hoje nao sei seu paradero

antes disso quando ainda nos viamo seguidamente agente saia junto eramos jovens e havia muito consumo de entorpecentes foi na sua presença a primera vez que vomitei de porre com a combinaçao trago fino e limao e depois so trago fino

tambem foi com esse amigo que iniciei no mundo das drogas ilicitas um exemplo da estupidez da pessoa que na tentativa de faze omelete ele quebrava ovos na ponta do fogao e caia tudo no chao nao sobrando nada na frigidera e assim foram se 12 ovos

naqueles tempo memoraveis era grande a frequencia da mistura kisuco mais a bebida mais vabagunda de alto teor alcolico que nos chamava de gammi voce pode chama de outro jeito tudo bem

acontece que teve um dia que passo um poco dos limite e ja faz um tempo precisamente 6 anos atras muito novos e inexperientes na escola da vida e agente acabo indo para na casa de alguem de apelido gorila que fedia ao pior cheiro do mundo

a principio tudo era legal havia muitas mulheres bem gostozas eu diria e rolo muita asanhaçao mutua aquele clima de gente se querendo ao mesmo tempo em que o narcotrafico acontecia livremente

cegos pela bebida e maconha descobrimo que o pai do amigo gorila era cafetao e aquelas menina era prostituta e de repente notamos a presença de varias crianças e ate bebes de colo naquele recinto pavoroso

nao gostamo muito e ate pensamo que talvez houvesse algo errado o que se concluiu que havia mesmo quando o pai de gorila chegava trazendo quilos de cocaina e alucinogenos capaz de mata cavalos e mais mulheres que vinham amarradas em cordas amordaçadas

achei que tava na hora de ir embora quando pra minha surpresa cachorros decapitados estavam espalhados no patio isso era preocupante ate porque essa especie de moradia ficava dentro um condominio habitado por familias

nao tardo pra chega a policia federal pra festa e a putaria tomo conta de vez bebes gritando e pela primera vez temi de verdade pela minha vida

conseguimo sai do lugar mas era perigoso deixa rastros eles iriam nos persegui nao titubeamos e fomo ate o posto de gasolina mais proximo enchemos varios galao com o liquido e jogamo ao redor da residencia ateamos fogo e nos certificamo que nenhuma pessoa ou animal saisse vivo

ainda bem que deu tudo certo infelizmente a amizade fico por algum caminho obscuro

uma noite perfeita

ta na cara que uma noite para que ela seja perfeita precisa de damasco

nao to falando no palco de atrocidades e sim da fruta seca oriunda talvez da china e seu sabor de coisa de rico ruim é essencial pra termina tudo em alta

porque de nada adianta sua autoridade e seus pertences se nao pude prova pra si mesmo que gosta do que nao é bom so pelo prazer o pior é quando de fato gosta

nao lembro de come damasco assim como tambem nao me recordo de come um cogumelo em especifico um mercado promissor de comestiveis mas tenho certeza que é o que falta pra que minha vida seja como a de um rei

rei da terra da fruta cristalizada provavelmente o pior lugar do mundo ou entao dos cogumelos nao alucinogenos que perda de tempo ou provincia do cream cheese

uma temakeria dentro da sua propria casa e uma sala de cinema onde recebe os hospedes com damasco e vinho do porto em sofas de couro de lagarto e ate mesmo araras vivas conversando com papagaios caturritas e anoes

ou um quarto com frigidera por todos os canto e fritura o dia intero chero de pressao alta e banha escorrendo

voltando pra noite depende de como for pode ser otima

 

tarde livre

quando voce é um escravo do sistema sem poder algum de real decisao e sua voz é oprimida em meio ao barulho ensurdecedor de quem detem a palavra e os gritos desesperados de quem nada pode faze é surpreendente demais finalmente ser dono da sua vida

tao acostumado a obedece mesmo quando acha que ta sendo subversivo pra caralho e so denota a completa ineficiencia do seu modo de sobrevivencia quando de alguma forma burla as regra inocentemente

é assim que to agora

me senti embriagado na liberdade e ao mesmo tempo perdido no meio da alienaçao coletiva nao que julgue os outros moribundos quaisquer e dentro de mim permaneça o unico sopro de esperança do mundo mas é um tanto quanto triste assisti a absoluta falta de noçao de uma sociedade danosa por intero

nao importa o lado que voce escolhe estarao ambos errado se voce nem ao menos soube porque fez isso e acredite é assustadoramente assim que o mundo anda

o poder da falsa escolha a sinceridade mentirosa o pedido de paz feita pelas maos de sangue que so querem mais isolamento da camada dita inferior um mundo de maravilhas pra mim e meus iguais nao dexem os outros entra

sei que tem mais gente que desperto desse pesadelo mas a grande maioria faz força pra ele perdura

os numeros nao mentem mas enganam e a soluçao apontada pelos revolucionarios é exatamente o combustivel pra mais destruiçao

se o que voce tem é pouco imagina o nada dos que voce faz força pra cala

minority report

em um mundo avançado que as parada funciona meio estilo holograma tom cruise faz varias coisa que nao sei exatamente porque nao vi o filme direito

o ano era varios atras saia da casa do alemao depois de come uma galinhada que diz sua vo de nome exotico que tinha bola de galo no meio iamos pro cinema inclusive o pai do alemao ia paga o ingresso pra todos nos quatro tambem tinha a madrasta

a tarde era promisora porem chegando no estacionamento do shopping vomitei

vomitei muito parecia que tinham atropelado um gato muitos podem te pensado isso

ta tudo bem eu pensei e disse fomos compra o ingresso e aparentemente as coisa sob controle sentamo la no fundo bacana o filme e vomitei de novo

do lado de um casal aquele chero insuportavel de suco gastrico misturado com querosene e galinha vi que a menina reclamava

nessa hora percebi que ficaria ainda pior entao sai da sala e vomitei no corredor tava feia a coisa perdi metade do filme ja porra

voltei pra dentro do cinema e sentei perto da porta assim toda vez que precisava vomita eu me dirijia pra fora mas nem sempre dava tempo acho que acabei vomitando por tudo isso que nem tinha mais o que expeli a cabeça explodindo e voce la deitado no chao feito um pobre coitado que de fato era no momento

nao foi uma tarde muito bacana ainda mais pra quem tava perto de mim em qualquer momento daquelas duas hora e agora me dei conta que preciso assisti essa pelicula de novo

o bar da esquina

um dia eu pensei é hoje

na verdade foi depois de uma serie de fracassos que so restava a opcao de enche completamente a cara e pratica algo parecido com a automutilacao que entrei no talvez mais escroto estabelecimento do hemisferio sul

cortinas cheia de fundo azulejos de quinta categoria mesas de plastico com pedaços de papel pra tenta mante um nivelamento que obviamente nao existia copos trincados garçonete com cicatriz na cara e um gordo careca de cabelo comprido do outro lado do balcao

entra nesse bar siginifica admiti a derrota pra vida e abraça todas desgraça que dali em diante iriam acontece foi o que fiz sem pestaneja

imaginava que a bebida seria barata porem nada podia custa tao poco quanto eu tinha no bolso

o pensamento logico seria senta naqueles banco mais alto encostado na bancada so pra parece cena de filme mesmo porem logica é o que nao havia naquele momento e sim me deitei no chao imundo

uma atitude estranha e inconveniente ate para os maiores padrao de insalubridade de repente todo bar repetia o gesto

abri os olhos e as pessoa jogava cerveja pra cima e se jogava no assoalho outros mais bebado quebravam garrafa na propria cabeça se atiravam na parede ainda tinha os ainda mais inconsequente que usava drogas inimaginais e se pendurava no teto com super bonder um pequeno grupo advertia pra nao tenta faze isso em casa

o careca cabeludo agonizava de desespero e a garçonete sangrava espontaneamente pela cicatriz que se expandia por todo rosto e agora parecia toma viva propria saiu um ovo da boca dela

gosmas e nojeras em geral naceram dali e em segundos se alastraram todos riam nem sabiam do que

os piores seres humano do mundo se encontravam naquele recinto ou no minimo os mais conformado com seus desastres pessoal nao foi surpresa quando alguem decidiu tira sua propria vida ingerindo um risoles

qualquer pessoa com um minimo de sanidade que entrasse ali chamaria rapidamente o hospicio porem todos eram sumariamente tomados pela demencia

me dei conta que nao pertencia aquilo quando vi um sujeito usando nariz de palhaço me levantei e fui embora pobres almas

objeto de consumo

saudades de fuma muita maconha toma muita vodka com energetico barato mistura com cerveja chega na festa e toma tres de tequila

indubitavelmente essa é a formula do sucesso nao sei porque mas a certeza que acabarei a noite tranzando com alguma desconhecida sempre se confirma

entre os momentos de completa falta de lucidez e a troca de olhar sensual com uma mina qualquer um pequeno medo de desmaia na menor das hipoteses toma conta do cerebro

sem muitas palavras ou ao menos que me lembre em algum canto ja estava engalfinhado com uma safada de nome que nao recordo

saio da festa cometo a insanidade de paga a conta dela foda se so rico paradoxavelmente vamo embora a pe embriagados e drogados se nao ela eu tava com certeza

nada demais ate depois de algumas tranzadas um surto psicotico se instaura na cabeça da mulher que sumariamente pega todas minhas ropa joga pela janela e me expulsa de sua casa

piorando a situacao meus vestimento caiu em cima de uma poça de esgoto isso nao se faz nem com um cachorro disse pra ela puta do caralho