fabula da vida

tava caminhando ja era noite tava injuriado com a cabeça latejando quando derepente avistei um ser ele trajava sobretudo em pleno verao do rio de janero era quente um ser misterioro

quem é voce perguntei

eu so a desgraça a destruiçao a fome a miseria a pobreza o estupro o racismo o egoismo a tristeza a intolerancia a invejaa humilhaçao a violencia a desesperança a maldade o podre o fedor a sujera a injustiça a dor o pior

escuta aqui disse eu mas voce é um lixo voce é uma merda de pessoa

eu so o satanas o diabo o belzebu o demonio o capeta ele respondeu

voce tem um baseado perguntei

sim ele me disse

voce me da perguntei

sim ele respondeu

fiquei calmo tranquilo o fumo era bom era maconha da boa da melhor qualidade queimei ate a ultima ponta